quarta-feira, 15 de julho de 2009

Equipe de futebol da Cerdeira de Góis, anos 70

Em cima: Carlitos da Alda, Manuel da Ivone, Jaime, Ivo, Abílio, o do boné não sei, Manuel da Tilda e Horácio da Aida.
Em baixo: Amorim da Marília, Zé Carlos Canoa, Marido, Américo da Bia, Fernando que foi de Teresa, Sérgio e Carlos.
:::---:::
Esta foi uma das equipas que a Cerdeira apresentou aos Jogos de Verão, num dos anos 70. O campo de futebol era no Esporão (de terra pouco batida e pedra solta), há mais de 30 anos.
Os Jogos de Verão lá do sítio foram uma boa iniciativa de 5 lugares vizinhos - Cerdeira, Ribeira, Vale Torto, Povorais e Esporão.
Enquanto os jogos de futebol se disputavam entre pais-filhos de cada um dos lugares e não houve mazelas, duraram. Porque o chinquilho ou malha, a sueca, as corridas não saia gente magoada fisicamente, apenas moralmente, em lugares não primeiros e sem taças. E umas batotazitas lá de vez em quando. No ano seguinte mudava a organização dos mesmos, conforme o Lugar onde se realizavam.
A pouco e pouco, a Cerdeira deixou de ter jogadores - os mais novos não estavam para sair magoados e os mais velhos arranjaram barriga :). Não se conseguia arranjar um grupo de 11 homens jovens e garbosos. Esta é a melhor desculpa que eu arranjo para a Cerdeira ter deixado de participar nos tradicionais jogos. Esqueci ou desconheço que hajam outras. Marido e Jaime deram o que sabiam, a mais não foram obrigados.
PS - Corrigi um dos nomes, graças à preciosa ajuda de Carlos Neves, filho de Amorim.

Sem comentários:

Publicar um comentário